sábado, 26 de fevereiro de 2011

Breve História da LIBIA.


A Libia foi provincia turca até 1911 e colonia italiana desde 1911 até a Segunda Guerra Mundial.

Os italianos foram colonizadores durissimos, impiedosos com a resistencia tribal contra a colonização. O maior lider nacionalista foi OMAR MUKHTAR, que travou anos de lutas contra o Exercito italiano, comandado primeiro pelo Marechal Pietro Badoglio e depois pelo Marechal Rodolgo Graziani, que o prendeu e executou. Badoglio e Graziani foram importantes personagens da derrota italiana na Segunda Guerra, Badoglio mudou de lado em Setembro de 1943, passou para o campo anglo-americano e foi Primeiro Ministro com a queda de Mussolini, apoiado pelo Rei Vittorio Emanuelle III. Graziani ficou do lado de Mussolini após sua espetacular libertação pelos alemães, que transformaram Mussolini em Presidente fantoche da Republica Social Italiana, a Republica de Salò, que governava o Norte da Italia.
Não obstante a crueldade e dureza de seu Exercito, os italianos construiram muita infra-estrutura na Libia (que eles chamvam de Tripolitania) , desenvolveram a agricultura e criaram boas escolas técnicas, levaram para lá muitos colonos agricultores italianos.
O territorio é milenarmente uma federação de tribos beduinas e a parte urbana foi aquela em grande parte desenvolvida pelos italianos. A Libia ja era bem conhecida nos tempos do Imperio Romano e a influencia italiana permanece até hoje, muitos libios de classe media falam italiano.
Pela proximidade com o continente europeu, a Libia tem excelentes condições de desenvolvimento, apesar da roubalheira e das extravagancias de sua familia e sua corte, Khadafi fez bastante coisa para a modernização do Pais, especialmente na area de captação de agua, a Libia é um deserto mas tem um vasto aquifero que Khadafi começou a explorar.
O problema com a queda de Khadafi é a falta de lideranças unificadoras que consigam o apoio de todas as tribos. A reconstrução da Libia não vai ser uma tarefa facil do ponto de vista político.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Rir é o melhor remédio!!

“Vem por aqui” – dizem-me alguns com os olhos doces
Estendendo-me os braços, e seguros
De que seria bom que eu os ouvisse
Quando me dizem: “vem por aqui!”
Eu olho-os com olhos lassos,
(Há, nos olhos meus, ironias e cansaços)
E cruzo os braços,
E nunca vou por ali…

(...)


Ah, que ninguém me dê piedosas intenções!
Ninguém me peça definições!
Ninguém me diga: “vem por aqui”!
A minha vida é um vendaval que se soltou.
É uma onda que se alevantou.
É um átomo a mais que se animou…
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou

- Sei que não vou por aí!"

Nuvens de algodão, serão doces ou não?

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Repeat Please !

A certeza de que estamos sempre começando. A certeza de que é preciso continuar,.A certeza de que seremos interrompidos antes de terminar. Portanto devemos: fazer da interrupção um caminho novo; da queda um passo novo de dança; do medo, uma escada; do sonho, uma ponte e da procura, um encontro. Fernando Sabino In: Encontro Marcado.
O amor é o estado no qual os homens têm mais probabilidade de ver as coisas tal como elas Não são !

                                                             Nietzsche

Para um banho de urbanidade , nada melhor que Sampa!


Vou pra lá !
Hasta la vista , baby!

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Arte com areia.

Kseniya Simonova foi a vencedora da edição Ucraniana do Got Talent-Tens Talento fez uma animação da invasão da Alemanha na Ucrânia durante a Segunda Guerra Mundial, tendo usado os dedos e uma superfície com areia.  Trouxe lágrimas aos olhos de juízes e do público. Foram 8 minutos maravilhosos que demonstraram um talento especial e trouxeram, através da arte, a memória viva de uma guerra que marcou várias gerações. Maravilhoso! 
 

Arte na areia. Assistir e se encantar!

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Egito. INSHALÁ !

Vamos torcer para o Egito não se transformar numa Teocracia Islâmica Fundamentalista  como aconteceu com o Irã na década de 70 quando o Aiatolá Khomeini assumiu o poder depois da revolução que derrubou o Xá ! 
"Passa pouco de hoje, o dia tarde a sair de noite."
                                                          Leminski

11.02.2011 - Hoje é um Palíndromo !

De frente pra trás de trás pra frente , sempre é igual. Então vamos em frente!

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Patrimônio Egípcio.



Um pouco da História do EGITO.

Localizado no Nordeste da África e integrante do CRESCENTE FÉRTIL, foi uma das primeiras civilizações surgidas na história. Aproveitando o rio Nilo, os egípcios construíram canais para a irrigação das terras.

Esse fator foi fundamental para a prática da agropecuária, atividade economia básica da sociedade no Antigo Egito.
Essa civilização teve bastante trabalho humano no seu desenvolvimento, o comércio e o artesanato eram produzidos para suprir palácios e os templos com produtos de luxo.



Econômia:
A economia estava sob controle do estado. Era proprietário das terras e apropriava-se da produção, recrutava trabalhadores para grandes construções, além de cobrar impostos.
Foi predominante nesta civilização a adoção da servidão. Os camponeses, artesões. Comerciantes, escravos eram responsáveis pela produção agrícola e artesanal, e das grandes obras públicas.
Religião:
A religião do Antigo Egito foi marcada pelo politeísmo, crença em diversos deuses. O qual teve modificações durante algum tempo mas predominou o politeísmo novamente, após algum tempo.
A crença na imortalidade da alma foi a marca do povo egípcio, o qual construía grandes túmulos: as pirâmides.
A mumificação, técnica adotada pelos egípcios para a conservação do corpo para uma possível volta da alma ao corpo foi um dos rituais mais exótico de toda a antiguidade oriental.
Política:
O povo egípcio agurpava-se em aldeias, reunidas, formavam um nomos, sob a liderança dos nomarcas. Da unificação dos nomos formaram dois reinos : Baixo Egito ( Norte ) e Alto Egito ( Sul), ambos unificados em 3200 a.C., assim estruturando um estado teocrático por Menés, o qual foi chamado de faraó e tratado como uma divindade.
Foi marcante nessa época o conflito entre o poder do faraó e o poder dos nobres e sacerdotes.
Cultura:
Na escrita eram usados a hieroglífica e a hierática para textos sagrados ou reais, e a demótica, para o dia-a-dia. Destacou-se também a arquitetura e a escultura, como também a matemática, a astronomia com o uso do calendário; a medicina com tratamentos do estômago, coração, fraturas e cirurgias na cabeça. E na literatura com o Livro dos mortos e o Hino ao Sol.

O Patrimônio do Egito diante das mudanças políticas.

Nenhuma das múmias no principal museu arqueológico do Cairo sofreu danos durante a invasão ocorrida na semana passada em meio a protestos de manifestantes, as outras 70 peças precisarão ser restauradas, disse Zahi Hawass, o principal arqueólogo do Egito.

Jornalistas haviam reportado que duas múmias haviam sido danificadas em meio à pior crise política no Egito em décadas, e que a informação teria sido dada por Hawass. Em entrevista à BBC neste domingo, ele reforçou que isso não aconteceu.

"Não eram múmias, eram dois esqueletos tirados de máquinas de scanner. Tudo voltará ao normal no museu do Cairo hoje", disse Hawass, principal responsável pelas relíquias do Egito desde 2002.

As relíquias faraônicas são uma parte crucial da indústria de turismo no Egito, e os protestos no Cairo geraram temores de que o país possa sofrer a mesma perda de herança cultural que ocorreu no Iraque em 2003, depois da queda de Saddam Hussein.

Os tesouros culturais do Egito estão seguros, disse Hawass. "O Vale dos Reis está seguro, as pirâmides estão seguras, 24 museus estão seguros, as sinagogas e monastérios estão seguros e os monumentos muçulmanos estão seguros", ele afirmou.

Entre as 70 peças que sofreram avarias, estão duas esculturas do faraó Tutancâmon, que reinou por volta de 1.330 a.C. A poucos metros da praça Tahrir, o Museu Egípcio, que foi construído em 1902, mantém obras de arte de mais de 5.000 anos.
 REUTERS, EM LONDRES

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011



Gratidão: uma palavra bonita!


A gratidão é um conjunto de vários sentimentos: amor, ternura, amizade... É o reconhecimento de que não somos os únicos responsáveis pela nossa própria condição. Ser grato é reconhecer que outras pessoas também participaram na produção de nossa vida. Um pouco de humildade que obriga a reconhecer o outro como parte de nossa alegria. É poder dedicar, compartilhar a graça recebida. Não há hierarquia na gratidão, não há diferenças. 


OM MANI PADME HUM !

O Mantra das seis perfeições é o Mantra de todos os budas. Cada uma das seis silabas elimina um dos venenos da consciência humana.

OM - Dissolve o orgulho.

MA - Liberta do ciúme e da luxúria.

NI - Consome a paixão e os desejos. 

PAD - Elimina a estupidez e danos. 

ME - Liberta da pobreza e possessividade.

HUM - Consome a agressão e o ódio. 
"Esse cheiro de chandon e connexion que exala dos lençóis da minha memória e me penetra e me satisfaz são apenas lembranças de um amor fantasma que hoje me assombra as noites insones." 

domingo, 6 de fevereiro de 2011

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

O Último Tango em Paris!

Morreu hoje com 58 anos a atriz Maria Schneider que junto com Marlon Brando protagonizou o filme " O Último Tango em Paris" de Bertolucci. Quando ele foi lançado em 1972 foi um escândalo por causa das cenas ousadas de sexo, cenas que hoje podem ser consideradas até "pueris" . Foi um ícone na minha adolescência e juventude principalmente porque esse filme foi proibido pela Ditadura Militar e só foi liberado em 1980.
Quem não assistiu o filme vale a pena ver . Roteiro ótimo, atores ótimos, musica maravilhosa!

'Dueto das Flores' da ópera "Lakmé" de Delibes . Porque é lindo!

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Praia Grande , Big Beach. , SP, Brazil
Historiadora por profissão. Escritora por destino .Viajante no mundo por acaso. Fotógrafa amadora por paixão.